Ter uma ajudinha extra na hora de arrumar a casa não é nenhum problema, né? Muita gente recorre aos filhos adolescentes para essa forcinha, mas é muito comum perceber certa resistência a esse tipo de atividade. Você já parou pra pensar no porquê? A resposta pode ser bem simples: muitas vezes o hábito não foi criado. Para que os adolescentes queiram ajudar nas tarefas, eles precisam ser acostumados a fazer isso desde pequenos, e por mais que você pense que as crianças não podem ou não devem ajudar nas tarefas de casa, essas atividades têm, sim, influências muito positivas na vida delas.

Por que é importante dar tarefas domésticas para crianças?

Inserir as crianças nas atividades domésticas pode trazer uma série de benefícios para o desenvolvimento. Além de ajudar na noção de responsabilidade, também ajuda a criar percepções de cuidado, autonomia, independência e participação na rotina da família. Poder ajudar e ser útil faz com a criança se sinta parte da família, fortalecendo a autoestima e estreitando os laços com os pais e irmãos.

É muito importante lembrar que as atividades devem ser acompanhadas e orientadas por adultos, principalmente quando as crianças são muito pequenas. Vale lembrar também que os meninos e meninas devem ajudar nas tarefas sem distinção, aprendendo que todos podem e devem realizar todas as atividades na casa. Dessa forma, você contribui para um ambiente melhor em casa e cria um adulto mais responsável e preparado para ser independente.

O que as tarefas domésticas oferecem de positivo para as crianças?

Algumas habilidades e características são melhores absorvidas em família e outras através do trabalho. Unir esses dois momentos proporciona uma série de aprendizados ainda mais significativos para as crianças, que elas levarão para a vida.

Habilidades

As diferentes tarefas que podem ser realizadas no cuidado da casa permitem que as crianças desenvolvam um amplo leque de habilidades que dificilmente seriam desenvolvidas em outros cenários. Limpar, cozinha, organizar, cuidar das compras e do dinheiro são habilidades fundamentais para a vida e que não são ensinadas na escola e não há lugar mais adequado para aprendê-las do que em casa, ao lado da família.

Responsabilidade

Cuidar dos seus pertences e manter o espaço onde você está organizado são muito importantes para um dia a dia saudável. É a partir de momentos como arrumar a cama, guardar os brinquedos, cuidar do material escolar que se aprende a ter responsabilidade e organização em tudo na vida.

Trabalho em equipe

Além das atividades na escola, as tarefas domésticas são momentos excelentes para ensinar às crianças como é importante o trabalho em equipe. Seja cada um fazendo a sua parte para cuidar da casa ou ao executar uma atividade com outra pessoa da família. Esse tipo de relação vai mostrar a importância do diálogo e do bom relacionamento.

Independência

As crianças mais novas vão precisar de alguma ajuda para executar as tarefas domésticas, mas em algum momento elas farão as atividades sozinhas e isso é uma grande demonstração de autonomia e independência. Fazer pequenas tarefas sozinho mostra para os pequenos que eles são capazes e que a família confia neles. Aprendendo isso em casa, eles buscarão esse sentimento de autorrealização e independência em todo o resto da vida.

Organização

Manter a casa em ordem e ter um momento dedicado exclusivamente a cumprir uma tarefa ajuda a dar às crianças o senso de organização, planejamento e rotina que são fundamentais na vida pessoal, acadêmica e profissional. A noção de hábito e rotina começa em casa, e quanto mais cedo melhor.

Como fazer com que as crianças se interessem?

Manter as crianças interessadas em atividades que podem, muitas vezes, ser entediantes, é um grande desafio. Porém, alguns recursos podem ser utilizados para deixar os momentos mais interessantes. Criar pequenas competições para ver quem acaba de guardar os brinquedos primeiro, por exemplo. Ou colocar uma música enquanto limpa a casa para deixar o ambiente mais divertido.

Já para não se perder nas tarefas, é possível fazer uma lista ou um quadro de atividades que fique exposto na casa e esteja indicado o que deve ser feito, por quem e quando. Outra forma interessante é escrever as tarefas do dia ou da semana em cartões e entregar todos para a criança; quando ela acabar uma tarefa, devolve o cartão aos pais, até concluir todas as atividades.

Muitos pais podem pensar em recompensar a criança pelas atividades com dinheiro ou algo do tipo. Mas é muito importante deixar claro que a recompensa deve ser o prazer de concluir a tarefa, de cuidar do espaço comum e de participar da vida em família. Afinal, se você não recebe dinheiro quando faz a comida e limpa a louça da sua casa, por que o seu filho deve receber? Uma boa forma de recompensar a criança pode ser com um elogio, um agradecimento.

Qual tarefa é adequada para cada idade?

Agora que você vai realmente começar a dar mais responsabilidade para as crianças, como saber o que é adequado para cada idade? Fizemos uma lista de sugestões de algumas atividades que você pode direcionar para as crianças.

2 a 3 anos

Guardar os próprios brinquedos

Jogar fraldas no lixo

Dobrar panos e toalhas

Guardar sapatos

Colocar a roupa suja para lavar

Limpar pequenas superfícies

Ajudar na produção das comidas

4 a 5 anos

Regar plantas

Ajudar a arrumar o quarto

Organizar compras

Organizar livros

Arrumar a cama

Ajudar a cuidar do bichinho de estimação, caso tenha

6 a 8 anos

Tirar o lixo

Ajudar a estender e recolher a roupa

Varrer a casa

Passar pano em alguns móveis

Lavar louças

Organizar armários

Ajudar mais na preparação de refeições

8 a 10 anos

Limpar o próprio quarto

Cuidar dos animais de estimação

Arrumar o próprio lanche

Trocar a roupa de cama

Ajudar mais ativamente na limpeza da casa

Ajudar a cuidar do irmão, caos tenha

Limpar a área externa, caso tenha

Acima de 10 anos

Lavar roupas básicas

Cozinhar refeições simples

Limpar a cozinha e o banheiro

Lavar o carro

Ajudar a passar roupa

Ajudar a fazer compras no mercado

Um outro jeito de inserir as tarefas domésticas na vida das crianças

É verdade que a gente faz muito melhor e com mais disposição aquilo que gostamos, não é? E o melhor jeito de aprender o que as crianças gostam de fazer é dar várias tarefas. Então, se você não se sente confortável com a sugestão de tarefas por idade, você também pode dividir por tipos de tarefas.

Momentos especiais

Ajudar na decoração da casa para receber uma visita, ou para alguma data especial. Se a criança for muito pequena para ajudar na parte prática, você pode pedir que ela faça cartões ou escolha algo especial para a decoração.

Tarefas divertidas

Explore aquilo que as crianças mais gostam em cada fase da vida dentro das atividades domésticas. Por exemplo, para os pequenos, direcione tarefas que envolvam mexer na água, roupas ou em comidas.

Atividades gratificantes

Algumas tarefas, principalmente conforme as crianças crescem, podem não ser tão divertidas, mas são gratificantes, dão uma satisfação ao serem concluídas. Essas tarefas são, principalmente, as que proporcionam algum desafio como preparar uma refeição, limpar um ambiente, cuidar dos animais de estimação ou arrumar o quarto.

Tarefas menos animadoras

Algumas tarefas não são divertidas ou gratificantes, mas devem ser executadas com regularidade. O ideal é mostrar para as crianças que as atividades são muito importantes para o dia a dia da família. E algumas crianças podem até gostar, você pode se surpreender. Algumas tarefas, por exemplo, são lavar a louça, limpar a cozinha, retirar o lixo, guardar e arrumar o quarto.

Dica bônus!

Se você está procurando uma forma de começar a introduzir a atividade doméstica na rotina das suas crianças, o livro “Diversão em Casa”, da editora Girassol, é pensado para trabalhar a temática com crianças a partir de 1 ano.

Gostou das dicas? Que tal mandar esse texto para alguma mamãe ou papai que está passando por esse desafio?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X
Precisa de ajuda?
Fale conosco